By: mirago ligado: agosto 08, 2016 In: Cura Pelos Cristais Comments: 0

O Quartzo transparente amplifica a função do hemisfério direito do cérebro, que influencia as percepções intuitivas e sentimentos – portanto trabalhar com cristais pode na realidade aumentar a sua intuição. Pode experimentar uma maior atenção/consciência. Pode desenvolver uma maior sensibilidade às cores, sons e fluxos de energia do seu corpo e à volta deste. Pode descobrir que é psíquico ou telepático. Estes são desenvolvimentos empolgantes, no entanto são experienciados por utilizadores de cristais se não diariamente pelo menos o suficiente para ser um fato reconhecido.

O Quartzo também tem a capacidade de transformar um campo energético desequilibrado. Assim quando se sentir stressado, enervado, o cristal equilibrará de novo a sua energia, revitalizando-o.

O Quartzo transmite força vital através do sistema energético humano, trazendo equilíbrio e cura. OS cristais são ideais para concentrar os seus pensamentos e receber energia, um lado valioso da prática de meditação e cura. A clareza do cristal de quartzo  tornam  transmissor e amplificador ideal para o uso das cores na cura.

Finalmente, a experiência mostra-nos que o quartzo tem a notável capacidade de armazenar uma forma pensamento. Isto significa, essencialmente, que pode programá-lo para um fim específico. Os cristais podem também ajudar-nos na meditação a experiençiar outros níveis de consciência e a perceber um pouco mais da realidade espiritual.

À parte do quartzo, muitos outros minerais mostram propriedades de cura. O glorioso espectro de cores encontrado nos cristais é também significativo, uma vez que as cores vibram a taxas diferentes. Uma ametista roxa vibra a uma taxa extraordinária de 750 trilhões por segundo enquanto o rubi vermelho vibra a uma taxa de 460 trilhões por segundo. Muitos cristais diferentes são descritos na diretoria, no fim do livro, onde estão listadas as pedras mais conhecidas assim como o guia dos teus atributos tradicionais.

A sensibilidade é de vital importância para o terapeuta de cristais. Não só cada paciente tem a sua personalidade, temperamento e experiência de vida, como cada cristal tem também o seu caráter único. O que significa que duas pontas de cristal de quartzo idênticas podem ser indicadas para diferentes tipos de trabalho. É a sensibilidade e experiência do terapeuta que determinam a forma mais apropriada de trabalhar com eles.

É claro que curar com cristais não é como usar um livro de culinária. O desconforto físico manifestado nem sempre é a raiz da doença e uma das razões porque os cristais podem ser de grande ajuda é por equilibrarem os campos energéticos, ajudando o paciente no seu próprio processo de cura do corpo/mente. Pacientes diferentes com o mesmo problema podem necessitar de diferentes abordagens e podem muito bem responder de forma diferente aos mesmos cristais, dependendo da constituição, temperamento e ambiente. Além do que, os cristais respondem a outros cristais das mais variadas formas. A energia do terapeuta, a energia do paciente e a energia do cristal interagem. Estes fatores precisam ser considerados com sensibilidade e cuidado ao usar os cristais na cura.